VOCÊ ESTA LENDO “A dor é de pedra”, diz Mino Carta sobre morte de Paulo Henrique Amorim

“A dor é de pedra”, diz Mino Carta sobre morte de Paulo Henrique Amorim

Notícia postada em 10/07/2019

(FOTO: REPRODUÇÃO -RAVI SANTANA/CARTACAPITAL)

Em ocasião da morte do jornalista Paulo Henrique Amorim nesta quarta-feira 10, o diretor de redação de CartaCapital, Mino Carta, prestou suas homenagens ao amigo de longa data.

“Eu não sei quem sofre mais nesse momento, se é o Brasil que perde um dos raros jornalistas verdadeiros, autênticos, ligados a verdade factual antes de mais nada, ou se perco eu, profundamente, porque Paulo Henrique era um irmão menor, mais jovem. Havia 9 anos de diferença entre nós, mas éramos amigos há 52 anos”, disse Mino.➤ Leia também:

O jornalista de 77 anos faleceu em casa, no Rio de Janeiro, após sofrer um infarto fulminante.

“A dor é de pedra. Eu recordo de Paulo Henrique como, sobretudo, um cavalheiro, um homem reto, uma pessoa que buscava sempre, nas suas ações, o traço fundamental da justiça. Um homem de muita coragem, muito destemor, que dizia tranquilamente o que pensava sempre a partir de informações corretíssimas”, relatou o amigo.

Fonte: www.cartacapital.com.br