Sindicatos distribuem vale de desconto de R$ 50 para compra de gás de cozinha

26/11/2021
Por Rafaela Patrício- B Hora Consultoria

Em resposta a alta no preço do gás de cozinha o Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo (Sindipetro-ES) com apoio do Sindicato dos Técnicos Industriais no Espírito Santo (Sintec-ES) distribuíram vales de desconto de R$ 50 para famílias de baixa renda usarem na compra das botijas. A ação aconteceu em frente a Petrobrás, em Vitória, nesta quinta-feira (25).

O presidente do Sintec-ES, Dinionís J. S. Carvalho, ressaltou que o país enfrenta aumentos abusivos no preço da energia, dos alimentos e derivados do petróleo e afirmou que “essa iniciativa vem dá exemplo de que é possível sim fazer algo pela sociedade, pelo ser humano e pelo trabalhador, principalmente. É um absurdo o que estamos passando hoje.”

O diretor de Relações Públicas do Sintec, Telmo Lopes Sodré Filho, criticou a falta de políticas públicas do Governo Federal. “Um país não se desenvolve sem a participação de sua gente. Sem uma gestão que de fato tem interesse no seu povo, na criação de trabalho e renda. E a ação de hoje é em função dessas perdas que a classe trabalhadora vem sofrendo, que é fruto do golpe de 2016 no sentido de promover o ataque a Constituição de 88. Lá na Constituição a classe trabalhadora conquistou o mínimo de direitos com muita luta, muita batalha e mobilização e o mínimo que a gente conquistou está sendo atacado por esse desgoverno que está aí”.

O coordenador geral do Sindopetro, Valnísio Hoffmann, relatou que essa é a sexta ação deste ano e que anteriormente foram distribuídos mais de 15 mil litros de combustível e mais de mil botijas. “Queremos conscientizar a população da criminalização que estão fazendo contra a Petrobrás para facilitar a privatização. Não é possível uma empresa que produz gás aqui no Espírito Santo, que vendeu o gasoduto que era dela e agora está paga aluguel. Essa conta não fecha. Então quem tá pagando a conta é a população. A Petrobrás é obrigada a seguir o preço dos combustíveis das empresas estrangeiras”, disse Hoffmann.

Segundo ele,inicialmente estava prevista a distribuição de 400 vales de desconto para famílias de baixa renda cadastradas em quatro bairros da Grande Vitória, mas como a procura foi maior que a esperada, outros 200 cupons foram distribuídos para pessoas não cadastradas.

Beneficiada, Maria Aparecida Silva, 32 anos.

Uma das beneficiadas foi a Maria Aparecida Silva, de 62 anos. Ela está desempregada há mais de um ano e contou que na sua casa moram quatro pessoas e todas estão realizando biscates para sobreviver. “É muita dificuldade. Está tudo caro né. A comida a gente vai se virando e o gás a gente também faz um biscate para conseguir comprar, mas o que tem lá em casa já está perto de acabar. Esse desconto vai ajudar muito”, relatou a idosa.

FACEBOOK

FAÇA PARTE

FENTEC
CUT
CFT

SINDICALIZE-SE