Nota do Sintec-ES sobre a catástrofe em Brumadinho – MG


Notícia postada em 29/01/2019

O Sindicato dos Técnicos Industriais do Espírito Santo, diante da catástrofe que ocorreu na mina explorada pela Cia. Vale em Brumadinho, VEM A PÚBLICO MANIFESTAR, primeiramente, suas condolências com as famílias, amigos e colegas dos funcionários e funcionárias mortos e feridos no triste e lamentável episódio; em segundo lugar, declarar seu repúdio com as ações desenvolvidas até então com todos os que foram atingidos, de forma direta e indireta com o ‘acidente’ similar que aconteceu em Mariana – MG há pouco mais de três anos; e em terceiro lugar, DECLARAR DE FORMA CLARA, IRREVOGÁVEL E IRRETRATÁVEL que o gravíssimo acidente não tem e nem terá nenhuma retratação por parte da Vale e demais companhias que justifique tamanha negligência técnica em face de resultados meramente econômicos e financeiros.
Após apenas pouco mais três anos depois dos descasos que culminaram com o maior acidente ambiental do Brasil, a sociedade brasileira em geral, não poderia imaginar que a sanha desumana em busca de lucros cada vez maiores, pudesse ainda repetir os mesmos – e mais sérios – erros cometidos daquela época. E que, há de se lembrar das técnicas obsoletas que facilitaram e facilitam tragédias como estas continuaram a ser aplicadas como prova cabal do desprezo pelas vidas humanas que cercam tais projetos.
O Sintec – ES, a par de números cada vez mais trágicos dos mortos e feridos e das consequências funestas que hão de vir, conclama a sociedade brasileira, principalmente as classes trabalhadoras, a se unirem contra os descasos e omissões dessas empresas que, infelizmente, contam com o apoio incompreensível de alguns políticos e autoridades de todos os poderes que mereciam já ter sido passados para o limbo da história. Os governos, todos os governos, e todos os políticos e autoridades do Judiciário, têm agora a obrigação de reverem suas posições da proteção de sempre a esses absurdos que acometem de morte trabalhadores e trabalhadoras da pátria, bem como ao nosso meio ambiente.
Não vamos nos calar! Estamos na luta, e não vamos parar! Cadeia para os culpados!
Janeiro de 2019.

Miguel Antônio Madeira da Silva Araújo (assina com os demais diretores)
Presidente do Sintec-ES

OUTRAS NOTÍCIAS

Av. Nossa Senhora da Penha , 280, sala 204
Ed. Praia Center - CEP.: 29055-050
  • 27 3325-0598 | 27 3345-3005
  • 9h às 18h