VOCÊ ESTA LENDO Evento em solidariedade a Cuba destaca participação no programa Mais Médicos

Evento em solidariedade a Cuba destaca participação no programa Mais Médicos

Notícia postada em 15/05/2017

Foi realizado na manhã de sábado (13), a Etapa Estadual para a XXIII Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba – CONASOL. Com o tema “Cuba Nos Une”, o evento reuniu cerca de 100 pessoas na sede do SINDBANCARIOS-ES, em Vitória, e teve como centro do debate o programa Mais Médicos, do Governo Federal – lançado durante o governo Lula.

 

O trabalho humanizado durante o tratamento dos pacientes foi destacado durante a fala do cônsul de Cuba, Antonio Mata, e da coordenadora do programa Mais Médicos no Estado, Rosa Venegas. Segundo o caribenho, os valores humanizados da medicina cubana são mantidos nas universidades o que garante a perpetuação do método.

 

Também presentes durante o evento, profissionais da saúde, representantes de associações de moradores e de movimentos sociais da Grande Vitória fizeram relatos positivos sobre a atuação dos médicos cubanos. A experiência da medicina humanizada mudou a vida de muitas pessoas, principalmente daquelas que vivem em regiões periféricas.

 

A redução no número de médicos cubanos no programa também teve destaque durante o evento. Para a população de menor renda, a diminuição destes profissionais gerou preocupação. Em Viana e em Vitória parte da população que antes também era atendida pelos médicos cubanos voltaram a ter que aguardar dias para conseguir atendimento nas unidades de saúde.

 

“A população mais periférica, dos morros de Vitória, espelha bem a importância da chegada dos médicos cubanos. A população estava satisfeita com a forma de tratamento deles. Mas, infelizmente, com a mudança de governo, o atendimento foi modificado. Nós passamos a ter apenas dois médicos para atender uma população de cinco mil pessoas”, falou Everton Martins, da Associação de Moradores do Centro de Vitória.

 

“Na condição de usuário do SUS, nós queremos agradecer pela dedicação demonstrada ao nosso povo. Essa experiência de medicina humanizada é inesquecível e mostra que, com dedicação, é possível fazer mais pela população! As pessoas das comunidades são só elogios aos cubanos”, agradeceu Marcilho Ferreira dos Santos, morador de Serra.

 

Outro ponto de discussão do evento foi a importância da preservação da soberania de Cuba sobre as investidas políticas dos Estados Unidos. O cônsul cubano destacou a situação da Base de Guantánamo e a necessidade de sua reintegração territorial a Cuba. “A Revolução Cubana tem que evitar uma grande provocação do governo dos Estados Unidos. Nossa posição é de nos mantermos pacíficos, porém exigimos que se devolva o território do povo cubano”, expressou Antonio Mata.

 

A XXIII CONOSOL será realizada entre os dias 15 e 18 de junho, na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

 

O evento capixaba foi organizado pela Calles – Casa America Latina, Cebrapaz – Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz, Clipper Turismo e Comitê Capixaba de Solidariedade a Cuba.

 

A etapa estadual teve o apoio do SINTEC-ES – Sindicato dos Técnicos Industriais de Nível Médio no ES, CUT, MPA – Movimento dos Pequenos Agricultores, CTB – Confederação dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil , Rede ODS- Objetivos de Desenvolvimentos Sustentaveis e Sindibancarios – ES.

 

 

FACEBOOK

FAÇA PARTE

FENTEC
CUT
CFT

SINDICALIZE-SE